Árvores desconhecidas no Tauá Caetés em 2013

Volta à página desconhecidas

 

Em Outubro 2013 estivemos quatro dias no Tauá - Caetés MG. A área do Resort é de mata nativa e tem muitas espécies originais preservadas, mesmo dentro das instalações do hotel. Listo aqui seis delas que tive dificuldade de identificar a primeira vista, a maioria frutíferas. À medida que os amigos vão fornecendo as dicas de identificação já estou acertando no site. Agradecimentos ao Helton e ao Carlos Suarez, até o momento. Como o resultado da consulta aos amigos foi bom, acrescentei uma sétima espécie.

1- CAFÉ DO MATO

Provavelmente Eugenia gardneriana (nome popular Guamirim) - Myrtaceae. Livro "Árvores brasileiras" Volume 2. Pouca polpa de sabor doce e adstringente.

 

 

2- PUÇÁ ou MAPUÇÁ

Provavelmente Mouriri glazioviana (Nome popular Mandapuça ou Puçá). Família Melastomataceae. Livro "Árvores brasileiras" Volume 3. Fruto com 2 a 4 sementes. Polpa doce.

   

 

3- CAPIXIM

Provavelmente uma Mollinedia (Nome popular Capixim). No livro "Árvores brasileiras" Volume 3 aparece a Mollinedia widgrenii, mas esta parece um pouco diferente. Polpa muito fina e levemente amarga, com cheiro parecido com o de canelas. Os frutos ficam em cachos .

 

4- PARECE UMA SALACIA

Provavelmente Salacia (Nomes populares Saputá, Bacupari). Família Hippocrataceae. No livro "Árvores brasileiras" Volume 2 aparece a Salacia ellipta, mas esta parece um pouco diferente. Folhas com bordas levemente serrilhadas. Duas sementes por fruto. Polpa doce, bem amarelada.

 

5- PARECE UMA MYRTACEAE com tronco vermelho

Provavelmente uma Eugenia. Não vi flor ou fruto. É comum nas matas de lá e o que me chamou a atenção foi a cor do tronco.

  

 

6- ÁRVORE FLORIDA

Provavelmente um Inga, parecido com o Inga lancifolia. Familia Leguminosae-Mimosoideae, Floração muito bonita. De longe o tronco parece liso e branco.

 

7- CANELA COQUINHO

Provavelmente uma Phyllostemonodaphne (Lauraceae). Um tipo de canela de fruto bem redondo.

      

Agradeço muito qualquer ajuda.

Eugênio Arantes de Melo